8 a 11 de junho - Expominas - Belo Horizonte / MG       
 

Siga a Expocachaça no facebook e fique por dentro de todas as novidades:
Valorização e formalização da cachaça

A Informalidade é concorrência desleal e fere a cidadania que é o consumo consciente e o processo de escolha que equilibra as relações de consumo e a responsabilidade social e ambiental.

A campanha de Valorização da Cachaça

A Campanha de Valorização e Formalização da Cachaça está sendo desenvolvida pelo CBRC – Centro Brasileiro de Referência da Cachaça e o SINDBEBIDAS/FIEMG e tem como objetivo buscar alternativas para reduzir e inibir o alto grau de informalidade na produção de cachaça com todas as graves consequências à saúde do consumidor ao meio ambiente e a economia do país.

O lucro fácil, as dificuldades de fiscalização e a desculpa da produção ser a saída para a sobrevivência das pequenas propriedades rurais, acabam por tornar o mercado ilegal de cachaça, uma atividade extremamente compensadora em Minas Gerais e nos demais estados do Brasil e letalmente perigosa para a saúde dos consumidores desavisados, visto que esta produção é feita sem controle sanitário e ao arrepio da lei e das normas legais de produção causando danos ainda ao meio ambiente. É, portanto, um problema de concorrência desleal e predatória, fiscal, de meio ambiente e de saúde pública.

José Lúcio Mendes - Presidente
CBRC - Centro Brasileiro de Referência da cachaça

As interferências da Cachaça Informal no mercado

Veja a pesquisa: As interferências da Cachaça Informal no Mercado.

Clique aqui para baixar.
Canais de distribuição da cachaça


27º Expocachaça - 2017 - 8 a 11 de junho - Expominas - Belo Horizonte / MG